O que é o asset allocation e como diversificar investimentos com essa estratégia? | Nexgen Capital
artigo asset

O que é o asset allocation e como diversificar investimentos com essa estratégia?

Ao criar um portfólio de investimentos, é importante fazer análises cuidadosas das alternativas que o mercado financeiro oferece, além de observar a relação entre os recursos da carteira. Para isso, o asset allocation pode ajudar.

O foco dessa estratégia está em aumentar os rendimentos e reduzir os riscos. Mas existem diversos outros caminhos a seguir quando o assunto investimentos. Então, é necessário conhecê-los e avaliar qual deles proporciona os resultados que você deseja.

Neste artigo, você verá as principais informações sobre o asset allocation e descobrirá como colocá-lo em prática com qualidade. Confira a seguir!

O que é o asset allocation?

Asset allocation, em tradução literal, significa alocação de ativos. Como você viu, essa estratégia pretende alcançar o máximo de rendimentos com o mínimo de riscos. Para esse objetivo, ela se baseia na diversificação dos aportes.

Ele não representa uma fórmula padronizada, já que a composição da carteira segue também o perfil e os interesses do investidor. Caberá a cada um selecionar modalidades de investimentos de acordo com alguns critérios — como a tolerância ao risco e os objetivos individuais.

Como funciona o asset allocation?

O primeiro passo para a alocação é identificar o perfil do investidor, entre conservador, moderado e arrojado. Ciente dessa informação é possível definir quais serão e em qual proporção estarão presentes os produtos financeiros e os ativos na carteira.

Uma estratégia mais conservadora, por exemplo, tende a concentrar mais os recursos em títulos da renda fixa, enquanto investidores moderados começam a ter mais ativos da renda variável.

Aqueles que se enquadram no perfil arrojado ou agressivo costumam contar com uma proporção maior de opções mais voláteis. A definição se baseia em três pilares:

  • horizonte de tempo — refere-se ao período em que você investirá para alcançar seus objetivos. Investimentos de longo prazo aceitam um pouco mais de riscos, pois as oscilações do mercado se diluem com o tempo;
  • tolerância ao risco — é verificado pelo perfil de investidor e indica como cada pessoa lida com os riscos, para identificar os produtos e ativos mais adequados;
  • retorno esperado — avalia qual é o desempenho esperado pelo investidor e as possibilidades disponíveis para alcançar o resultado.

Com esses dados, é possível criar uma distribuição dos investimentos que atenda às expectativas individuais.

Qual a importância do asset allocation para o investidor?

Escolher os melhores investimentos pode ser um desafio, pois exige ponderar muitos fatores de cada alternativa, além da proporção que ocuparão na carteira. Mas, a partir do asset allocation, é possível manejar melhor os riscos, sem deixar de aproveitar boas oportunidades de rendimentos.

Como ele se adapta às necessidades do investidor, ajuda a trazer maior conforto nos investimentos. Isso sem abrir mão do fator rendimento, mas também sem gerar ansiedade por se expor a muitos riscos. Assim, aumenta as chances de criar um planejamento consistente para alcançar objetivos.

Desse modo, saber o que é a alocação de recursos e como ela funciona permite acessar essa ferramenta e aproveitar vantagens. Efetivamente, ela auxilia na tomada de decisão no mercado financeiro, de maneira personalizada.

A diversificação de investimentos é fundamental na estratégia, mas é preciso ter atenção para que isso aconteça de forma organizada. Nesse sentido, não basta fazer aportes em alternativas diferentes se elas dependem de condições muito próximas, por exemplo.

É preciso buscar investimentos que estejam descorrelacionados ou tenham correlação negativa. Assim, quando alguns estão em baixa, outros podem ter melhor desempenho. É o que costuma acontecer historicamente com a bolsa de valores brasileira e o dólar.

Quando se olha para uma estratégia integralmente, é possível selecionar alternativas que criam uma carteira balanceada. Para isso, além da variedade, também é preciso que os investimentos dialoguem de forma inteligente.

Por que é importante diversificar?

Como você pôde ver, um aspecto fundamental do asset allocation é a diversificação dos investimentos de maneira efetiva. Por isso, é importante ressaltar a necessidade de variar os aportes para obter mais benefícios, além de se proteger.

A diversificação evita que a sua carteira dependa de apenas um resultado. Se ela estiver muito concentrada e um investimento apresente quedas, suas finanças serão mais impactadas. Já se o portfólio estiver diversificado, as perdas e os riscos podem ser compensados.

Mas a importância da diversificação não se limita à gestão de riscos. Ela também ajuda na alocação de recursos com maior potencial para alcançar os resultados desejados. É possível combinar escolhas variadas para seus objetivos.

Quais são os riscos de fazer asset allocation por conta própria?

O asset allocation pode ser feito pelo investidor, mas também é possível ter auxílio qualificado para montar a estratégia. Nesse sentido, é importante ter bastante cuidado ao criar o portfólio por conta própria, pois toda a composição precisa ser analisada.

Alguns investimentos complexos precisam de mais estudos, além da já mencionada correlação entre os aportes. Ainda que você siga a lógica de distribuição entre produtos da renda fixa e ativos da renda variável, pode ter dificuldades em escolhas específicas.

Fazer investimentos sem a devida análise de todas as variáveis que interferem no seu desempenho pode gerar desequilíbrio e prejudicar os seus resultados. Ademais, há a chance de fatores emocionais interferirem nas decisões, elevando as chances de fazer escolhas menos racionais.

Por esse motivo, ainda que não seja um requisito contar com o acompanhamento qualificado, é importante ter em mente os riscos de optar por criar uma estratégia sem esse auxílio. Profissionais do mercado financeiro podem ajudar bastante, por exemplo, com informações contundentes.

Como fazer asset allocation?

Agora que você entende a estratégia de asset allocation, pode ser que esteja se questionando sobre como estruturar a sua alocação de recursos. O primeiro passo é fazer o teste de suitability para identificar o seu perfil de investidor.

Na sequência, você precisa conhecer as alternativas de investimentos disponíveis e selecionar aquelas que farão parte da sua carteira. Nesse momento, é preciso determinar a proporção que cada produto ou ativo ocupará no portfólio.

Para isso, você pode contar com a ajuda profissional de uma assessoria de investimentos. Os assessores apresentam possibilidades e tiram suas dúvidas sobre os aportes. Com isso, pode ser mais fácil fazer escolhas conscientes e assertivas.

Neste conteúdo você conferiu o que é e como funciona o asset allocation. Então pode avaliar se essa estratégia é benéfica para os seus objetivos financeiros. Para obter sucesso, é sempre importante conhecer mais sobre esse mercado e avaliar as oportunidades.

Não deixe de contar com ajuda qualificada para montar a sua carteira com mais segurança. Entre em contato com a Nexgen Capital e solucione suas dúvidas!

Buscar